18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Destaque na final da Champions, goleiro Courtois, do Real Madrid, jogou machucado

Courtois foi eleito o melhor jogador da final da Champions
Courtois foi eleito o melhor jogador da final da Champions. Foto: IMAGO / Gribaudi/ImagePhoto

O goleiro belga Thibaut Courtois foi o destaque do Real Madrid na vitória sobre o Liverpool por 1 a 0, sábado, na final da Champions League. Mas poucos sabem de um detalhe. Ele, segundo informações da Rádio Marca, estava machucado. Isso mesmo. Courtois tem um desconforto no púbis. Imagina se não estivesse?

Saiba como apostar na Copa do Mundo

Courtois fez pelo menos três defesas de cinema durante o jogo. Três verdadeiros milagres. Salah e Mané que o digam. A atuação lembrou a contra a Seleção Brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo de 2018. Na ocasião, a Bélgica se classificou vencendo por 2 a 1.

Bom. Fato é que Courtois precisará de um descanso nas próximas semanas por conta da lesão e deve desfalcar a Bélgica nos jogos da Liga das Nações. É ano de Copa do Mundo e arriscar uma lesão maior não é a intenção do técnico da Bélgica, Roberto Martínez.

O preparador de goleiros da seleção belga, Erwin Lemmens, falou sobre o assunto. Ele confirmou a lesão do goleiro.

– Temos que tratar bem esses problemas de pubalgia, para estar bem na próxima temporada e também na Copa do Mundo. Temos que entender a opção de descanso – disse.

Thibaut Courtois, após o título, parecia meio chateado. E ele explicou o motivo. Inclusive motivo que o inspirou para ter um grande atuação diante do Liverpool.

– Houve uma revista em março que não me colocou entre os 10 melhores goleiros – disse ele, referindo-se à “Four Four Two” do mês de março.

– Eu não sei. Isso eu acho que é uma falta de respeito. Eu não digo que eles têm que me colocar em primeiro lugar, realmente, eu não me importo. Alisson é um grande goleiro, [Edouard] Mendy é um grande goleiro, [Jan] Oblak, Ederson. Há realmente muitos grandes goleiros, eu não digo que você tem que me colocar em primeiro lugar – disse, em seguida.

– Mas depois de uma temporada como essa eles não colocam você entre os dez primeiros, é estranho. Em segundo lugar, ontem, vi muitas coisas engraçadas saindo da Inglaterra – acrescentou.

Por fim, Coutois afirmou que a forma que ele saiu do Chelsea pode ter influenciado nas escolhas da revista.

– Acho que tem a ver com a forma como deixei o Chelsea, mas ganhei duas vezes a Premier League na Inglaterra. Acho que nunca fui reconhecido por isso, especialmente depois do meu primeiro ano com o Real Madrid. Muitas pessoas riram de mim, mas aqui estou eu como um vencedor, então é um bom retorno. Eu vi muitos tweets vindo em minha direção que eu ficaria humilhado hoje, foi o contrário – finalizou.

As grandes defesas de Courtois:

Leo Santos
865 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes