18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Cristiano Ronaldo é cobiçado pela Liga Australiana

Cristiano Ronaldo em treino da seleção portuguesa
Cristiano Ronaldo em treino da seleção portuguesa. Foto: IMAGO / NurPhoto

Vivendo muito provavelmente os últimos dias como jogador do Manchester United, o craque português Cristiano Ronaldo pode parar no Campeonato Australiano. Isso mesmo. Danny Townsend, CEO da A-League, afirmou que procurou o empresário do lusitano, Jorge Mendes, e fez uma proposta.

Saiba como apostar na Copa do Mundo

– Com certeza nós temos interesse em trazê-lo para a Austrália. Obviamente, é um tiro longo mas nós temos uma proposta para ser considerada. Estamos conversando e vamos ver o que vai acontecer – disse Townsend, em entrevista à rádio australiana SportFM.

O time que Cristiano Ronaldo jogaria, no entanto, não foi revelado. Nani, com quem CR7 jogou na seleção portuguesa, defende atualmente o Melbourne Victory, um dos principais times da Austrália.

Quem também já jogou por lá foi Romário. Em 2006, então com 40 anos, o Baixinho defendeu o Adelaide United. Ele buscava o milésimo gol na carreira. A experiência durou apenas três meses.

Cristiano Ronaldo deve deixar o Manchester United na próxima janela de transferências (no final do ano). Ele entrou em rota de colisão com o técnico Eric Ten Hag e com a diretoria dos Diabos Vermelhos.

– Eu não o respeito porque ele não mostrou respeito por mim. Se você não tem respeito por mim, eu nunca vou te respeitar – disse recentemente Cristiano sobre Ten Hag.

Cristiano, no momento, se prepara com a seleção portuguesa para a Copa do Mundo do Qatar. A estreia é no dia 24 de novembro contra Gana, às 13h (horário de Brasília). Também estão no Grupo H Uruguai e Coreia do Sul.

Leo Santos
1162 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes

Corinthians vence o São Paulo, no Morumbi, e acaba com jejum de seis anos

Botafogo empresta Jeffinho ao Lyon, time de Textor na França

Neymar deve ser eleito o melhor jogador do ano pela Fifa, afirma ídolo do Manchester United