18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Copa América: Neymar critica os brasileiros que vão torcer contra o Brasil na final

A Seleção Brasileira se prepara para a disputa da final da Copa América. Neste sábado, às 21h, no Maracanã, a equipe do técnico Tite encara a Argentina. E o craque brasileiro Neymar está na bronca com alguns brasileiros que já declararam torcida pelo craque argentino Lionel Messi nas redes sociais. Em seu instagram, Ney soltou o verbo.

“Sou brasileiro com muito orgulho e com muito amor. Meu sonho sempre foi estar na Seleção Brasileira e ouvir a torcida cantando. Jamais torci ou torcerei (contra)… se o Brasil estiver disputando alguma coisa, seja lá qual for o esporte, concurso de modelo, Oscar… Se tem Brasil, eu sou Brasil… E quem é brasileiro e faz diferente? Ok, vou respeitar, mas vai para o…”, escreveu Neymar.

Veja os melhores sites de apostas para a Copa América.

Copa América
Neymar em ação no treino da Seleção Brasileira. Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A justificativa mais usada pelos brasileiros que estão na torcida por Messi é essa: o craque nunca ganhou um título pela seleção argentina principal. E essa seria uma grande oportunidade para ele conseguir a “cereja do bolo” da carreira.

E aí, para quem vocês vão torcer?

De olho na final, a Seleção Brasileira treinou nesta quinta-feira na Granja Comary. O técnico Tite deve mandar a campo no sábado a seguinte escalação: Ederson, Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Renan Lodi; Casemiro, Fred e Lucas Paquetá; Neymar, Richarlison e Roberto Firmino.

E o volante Casemiro falou sobre a final: – Não podemos deixar de falar que é uma final, e final não se joga, se ganha. Meio a zero somos campeões.

A Argentina, de Messi, por sua vez, treinou no CT do Fluminense. Os hermanos foram muito bem recebidos pelos tricolores e Messi chegou a bater um papo com um dos destaques do Flu Nenê.

A Argentina deve ir a campo no sábado com: Emiliano Martínez, Molina, Otamendi, Pezzella e Tagliafico; Guido Rodríguez, Lo Celso e De Paul; Messi, Nicolás González e Lautaro Martínez.

As campanhas

Brasil

Fase de grupos – Brasil 3 x 0 Venezuela; Brasil 4 x 0 Peru; Brasil 2 x 1 Colômbia; Brasil 1 x 1 Equador

Mata-mata – Brasil 1 x 0 Chile; Brasil 1 x 0 Peru

Argentina

Fase de grupos – Argentina 1 x 1 Chile; Argentina 1 x 0 Uruguai; Argentina 1 x 0 Paraguai; Bolívia 1 x 4 Argentina

Mata-mata – Argentina 3 x 0 Equador; Argentina 1 (3) x (2) 1 Colômbia