18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Com Aubameyang inspirado, Barcelona goleia o Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu

Aubameyang comemora um dos seus gols sobre o Real Madrid
Aubameyang comemora um dos seus gols sobre o Real Madrid. Foto: IMAGO / ZUMA Wire

Vitória para dar moral! Vivendo uma ótima fase, o Barcelona não tomou conhecimento de seu maior rival e goleou o Real Madrid por 4 a 0 neste domingo (20), em pleno Santiago Bernabéu, pelo Campeonato Espanhol. Em noite inspirada, Aubameyang, com dois gols e uma assistência de letra, foi o destaque. Ronald Araújo e Ferrán Torres completaram o placar e decretaram o triunfo a favor do time catalão. Com o resultado, o Barça chegou à 12ª partida seguida de invencibilidade na temporada.  

Saiba como apostar na Champions League

Apesar da goleada sofrida, o Real Madrid ainda lidera a La Liga com tranquilidade. O clube merengue soma 66 pontos e tem nove de vantagem sobre o Sevilla, que empatou sem gols com o Real Sociedad. Com 54 pontos, o Barcelona voltou à terceira colocação após ter sido ultrapassado pelo Atlético de Madrid.  

Com nove gols em onze jogos, o atacante Aubameyang vive ótimo momento com a camisa do Barça. Em um de seus gols, o gabonês comemorou fazendo uma alusão ao desenho animado Dragon Ball Z, do qual é fã e fez até tatuagem.  

E teve brasileiro fazendo história! Entrando no fim da partida no lugar de Jordi Alba, o lateral-direito Daniel Alves alcançou a marca de 400 jogos com a camisa do Barcelona. Entre os estrangeiros que mais entraram em campo pelo clube, ele só fica atrás de Lionel Messi no ranking. No geral, o brasuca é o 14º colocado, ficando atrás de alguns jogadores da atual equipe, incluindo o técnico Xavi Hernández.  

Após o clássico da 29ª rodada de La Liga, os treinadores falaram com a imprensa e se dividiram entre explicações, por parte de Carlo Ancelotti, e de celebração pelo lado de Xavi. Pelo lado merengue, o técnico italiano assumiu a culpa.  

– É difícil porque é um clássico, perder para o Barcelona dói. Você tem que ter calma, recuperar da pancada. Lamentamos, mas não temos que fazer drama. Fomos irreconhecíveis, tudo deu errado. Eu disse aos jogadores que a culpa foi minha – disse Ancelotti. 

Enquanto isso, Xavi não escondeu sua felicidade após vencer o primeiro clássico espanhol como treinador do Barça.  

– Estou feliz, feliz, satisfeito por todos os torcedores do Barcelona. Pode mudar a dinâmica do presente e do futuro. Tivemos personalidade e coragem. Pedi a eles que não perdessem bolas bobas. Tivemos o jogo sob controle. O vestiário é uma família. Você pode competir jogando assim – afirmou o técnico, que continuou. 

– Trabalhamos por esses frutos. Mas não esperávamos ser tão superiores em seu estádio. Esperávamos um jogo mais aberto. Estou muito feliz – finalizou.  

Veja como ficou a classificação do Campeonato Espanhol

Leo Santos
854 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes