18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Chelsea é vendido para consórcio americano dono do LA Dodgers

O Chelsea apenas empatou com o Wolves em 2 a 2
O Chelsea apenas empatou com o Wolves em 2 a 2. Foto: IMAGO / Shutterstock

Agora é oficial! O Chelsea confirmou o acordo de venda do clube ao consórcio liderado pelo empresário Todd Boehly, dono do Los Angeles Dodgers, tradicional equipe da MLB. O grupo, apoiado pelo fundo Clearlake Capital, desembolsou cerca de 4 bilhões de libras (R$ 25 bilhões na cotação atual) para adquirir o time inglês.  

Saiba como apostar na Champions League

O oligarca russo Roman Abramovich, dono do Chelsea, decidiu colocar o clube à venda após ser ameaçado de sofrer sanções do governo britânico após a invasão das tropas russas à Ucrânia. Vale ressaltar que o magnata tem relações estreitas com o presidente russo Vladimir Putin.  

A proposta pela compra dos Blues foi aprovada pelo governo do país e pela Premier League. Com isso, o clube inglês passará a ser administrado pelo grupo liderado por Todd Boehly. O bilionário norte-americano detém 20% do Los Angeles Dodgers, time que disputa a Major League Baseball, e também tem participações no Los Angeles Lakers, da NBA, e do Los Angeles Sparks, da WNBA.  

Boehly tem uma fortuna estimada em 6,2 bilhões de dólares (cerca de R$ 31 bilhões). Com a conclusão do negócio, ele terá participações em três dos maiores clubes do mundo, de acordo com o levantamento anual da revista “Forbes”, que aponta os Lakers na 7ª colocação, os Dodgers na 16ª e o Chelsea na 25ª.  

Confira o comunicado do Chelsea:

O Chelsea Football Club pode confirmar que os termos foram acordados para um novo grupo de proprietários, liderado por Todd Boehly, Clearlake Capital, Mark Walter e Hansjoerg Wyss, para adquirir o clube. 

Do investimento total feito, £ 2,5 bilhões serão aplicados para comprar as ações do Clube e esses recursos serão depositados em uma conta bancária congelada no Reino Unido com a intenção de doar 100% para causas de caridade, conforme confirmado por Roman Abramovich. A aprovação do governo do Reino Unido será necessária para que os recursos sejam transferidos da conta bancária congelada do Reino Unido. 

Além disso, os novos proprietários propostos comprometerão 1,75 bilhão de libras em investimentos adicionais para o benefício do clube. Isso inclui investimentos em Stamford Bridge, na Academia, no time feminino e Kingsmeadow [outro estádio do clube] e financiamento contínuo para a Fundação Chelsea. 

A venda deve ser concluída no final de maio, sujeita a todas as aprovações regulatórias necessárias. Mais detalhes serão fornecidos na ocasião.” 

Campeonato Inglês

Com 67 pontos, o Chelsea é o terceiro colocado do Campeonato Inglês. Neste fim de semana, apenas empatou com o Wolverhampton, em casa, em 2 a 2. O líder é o Manchester City, que goleou o Newcastle por 5 a 0. Os citizens têm 86 pontos, três a mais que o Liverpool. Os Reds empataram com o Tottenham.

Confira a classificação

Leo Santos
538 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...