18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

CBV confirma Bernardinho como novo técnico da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei

Bernardinho vai acumular os trabalhos no Sesc RJ Flamengo e na Seleção
Bernardinho vai acumular os trabalhos no Sesc RJ Flamengo e na Seleção. Foto: IMAGO / Fotoarena

A Seleção Brasileira Masculina de Vôlei tem novo técnico. Ou, nem tão novo assim. O multicampeão Bernardinho Rezende está de volta. Ele assume o lugar deixado por Renan Dal Zotto. E o grande desafio de Bernardinho na temporada é a Olimpíada de Paris. A Seleção vai em busca do tetracampeonato olímpico.

Saiba como apostar em jogos de futebol

– Com a decisão pessoal do Renan, de se afastar momentaneamente do voleibol e da Seleção Brasileira, eu reassumo esse cargo no intuito de dar continuidade ao belo trabalho feito. Espero contribuir de alguma forma com a minha experiência para que a gente possa buscar a tão almejada medalha em Paris – confirmou Bernardinho.

– O Bernardinho tem qualidades indiscutíveis tecnicamente. Tem experiência, fazia parte do processo como coordenador, acompanhou o trabalho do Renan, então nada mais justo do que pensarmos no melhor para o vôlei brasileiro. E neste momento a solução ideal é o Bernardinho – afirmou Radamés Lattari, presidente da CBV.

Há algumas semanas, o dirigente já havia deixado claro, em entrevista ao podcast “GeralPod Sport Club”, que Bernardinho era o favorito para assumir o cargo.

Das três medalhas de ouro da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei, Bernardinho foi o técnico em duas: 2004, em Atenas, e 2016, no Rio de Janeiro. A outra medalha de ouro foi em 1992 com José Roberto Guimarães, atual técnico da Seleção Feminina.

Leo Santos
2307 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.

Artigos mais recentes

Rojas não aparece no treino e pede para sair do Corinthians