18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Campeão do mundo com a Alemanha em 2014, Özil anuncia a aposentadoria

Último clube de Özil foi o Istambul Basaksehir
Último clube de Özil foi o Istambul Basaksehir. Foto: IMAGO / ANP

O craque alemão Mesut Özil anunciou nesta quarta-feira que está se aposentando do futebol. Campeão do mundo com a Alemanha em 2014, no Brasil, Özil, de 34 anos, citou os problemas físicos como principais motivos para a decisão. O atleta tem no currículo muitos títulos e grandes times como Real Madrid e Arsenal.

Saiba como apostar na Champions League

“Após duras considerações, estou anunciando minha aposentadoria imediata do futebol. Foi um privilégio ser jogador profissional por quase 17 anos, e me sinto incrivelmente grato pela oportunidade. Mas nas recentes semanas e meses, sofrendo com algumas lesões, se tornou mais e mais e claro que é hora de deixar a grande cena do futebol”, escreveu Özil nas redes sociais.

O último clube de Özil foi o Istambul Basaksehir, da Turquia. E a última partida foi no dia 2 de fevereiro. Ele atuou por 45 minutos diante do Kayserispor, pelo Campeonato Turco.

Özil começou a carreira no Schalke 04 e passou por Werder Bremen, Real Madrid, Arsenal, Fenerbahçe e Istambul Basaksehir. Pela seleção da Alemanha, disputou as Copas do Mundo de 2010, 2014 e 2018. Foram 22 gols em 92 jogos com a camisa da Alemanha.

Por clubes, Özil não conquistou grandes títulos como pela seleção da Alemanha. Pelo Real Madrid, tem um título espanhol, uma Copa do Rei, e uma Supercopa da Espanha. Pelo Arsenal, são 4 Copas da Inglaterra e 1 Supercopa.

Outro grande jogador anunciou a aposentadoria nesta semana. Trata-se do atacante togolês Adebayor, que também teve ótima passagem pelo Arsenal.

Leo Santos
2732 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.

Artigos mais recentes

Cesc Fàbregas assume como técnico do Como, da Itália

Antônio Carlos Zago não é mais o técnico da seleção boliviana