18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Brasileirão: sem chances de título, Flamengo fica no empate com o Sport

Pedro não conseguiu balançar a rede contra o Sport
Pedro não conseguiu balançar a rede contra o Sport. Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Sem chances de conquistar o título brasileiro, que ficou com o Atlético-MG, o Flamengo apenas empatou em 1 a 1 com o já rebaixado Sport, nesta sexta-feira, na Arena Pernambuco. Michael, vice-artilheiro da competição, abriu o placar para o Rubro-Negro Carioca no primeiro tempo e Gustavo Oliveira empatou para o Rubro-Negro Pernambucano na segunda etapa.

Saiba como apostar no Brasileirão

O resultado deixa o Flamengo com 71 pontos na segunda colocação da tabela. São 10 pontos atrás do líder, Atlético-MG. O Sport é o 19º colocado com apenas 34 pontos.

O jogo

Foi uma partida com duas caras. No primeiro tempo, o Flamengo dominou e criou as melhores chances. Michael perdeu pelo menos duas grandes oportunidades. Na terceira, ele guardou. Pedro fez ótima jogada pela direita e cruzou. Micha, de primeira, colocou na rede.

E Pedro, temos que falar dele… Antes do gol, quase marcou um golaço por cobertura do meio de campo. O goleiro Mailson, do Sport, se recuperou e conseguiu fazer a defesa. Já no fim do primeiro tempo, o artilheiro tentou de peito e Mailson fez mais uma defesaça.

O Sport chegou muito pouco, mas assustou em uma das investidas. Hernanes pegou de voleio e o goleiro Hugo, do Flamengo, fez uma defesa espetacular, de cinema.

No segundo tempo, o Sport cresceu e empatou o jogo logo aos 5 minutos. Matheuzinho falhou ao cabecear para trás. Gustavo aproveitou e finalizou com força, sem chances para o goleiro Hugo.

Aos 28 minutos, Hugo fez mais uma grande defesa e salvou o Flamengo, após cabeceio à queima roupa de Mikael. Pouco tempo depois, David Luiz salvou o Rubro-Negro Carioca praticamente em cima da linha.

No último lance do jogo, Pedro teve a chance de dar a vitória ao Flamento. Ele recebeu cruzamento de Ramon, desviou de calcanhar, mas a bola foi pra fora. Ficou assim: 1 a 1.

Após a partida, o técnico interino do Flamengo, Mauricio Souza, fez elogios ao goleiro Hugo e ao atacante Michael, que deixou a partida machucado.

– Conheço bem o Hugo, trabalhamos juntos no sub-20 e conquistamos títulos. Ele tem muita personalidade e vem buscando seu espaço. Claro que todo jogador vai buscar ser titular. Se está no clube é porque tem condições. O Flamengo está bem servido. Isso é um problema futuro. Tanto Diego, César e Gabriel (Batista) são belos goleiros – afirmou.

– O Michael recebeu muitas críticas. Desde o início do ano quando me perguntavam eu disse que ele nunca deixou de trabalhar. É um jogador que cumpre a sua função, batalha muito. Ele merece viver o que está vivendo neste momento. Serve de lição, porque o futebol é assim: uma hora é elogiado, e na outra é criticado – acrescentou, por fim.

O goleiro Hugo, em ótima fase, também falou. Principalmente sobre a volta por cima na carreira:

– Eu tive falhas sim, dentro de campo e fora de campo, mas trabalhei, trabalhei principalmente a cabeça, dentro de campo e continuo trabalhando. Graças a Deus as oportunidades apareceram. Hoje infelizmente não saímos com a vitória, mas gostei da atuação. Continuar trabalhando, mantendo o foco, porque o intuito é ajudar o Flamengo sempre, sempre em prol do Flamengo. E para ajudar o Flamengo eu preciso estar com minha melhor forma, mental e física. E foi isso que eu trabalhei. Com ajuda da minha família, amigos, namorada e principalmente com o staff do clube, que estiveram diariamente comigo. Realmente voltei para terceira opção e hoje volto jogando, mas não deixei de trabalhar. Vou continuar trabalhando para se Deus quiser continuar conquistando oportunidades. Essa reta final significa isso para mim, se tiver oportunidade de jogar novamente será com foco total para ajudar o Flamengo na melhor forma possível.

Agradecimentos

– Eu reavaliei muita coisa. Quando eu passei pelas situações que eu passei, eu precisei repensar muita coisa. Principalmente na minha vida extracampo e dentro de campo. Trabalhei o mental com a ajda do meu pastor que é meu amigo. Agradeço à minha mãe, irmã, minha família, e o Flamengo. Porque se eu não estiver bem aqui, eu não estou bem aqui. Eu precisei consertar aqui para voltar da melhor forma possível. Graças a Deus eu consegui e hoje ajudo o Flamengo da melhor forma.

Os resultados desta sexta-feira no Brasileirão:

Leo Santos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.