18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Benzema faz três, Real Madrid vence o PSG, de virada, por 3 a 1 e passa na Champions

Benzema comemora com Modrid um dos seus gols
Benzema comemora com Modrid um dos seus gols. Foto: Divulgação / Real Madrid

Deu Real Madrid! Em um jogo espetacular, o clube merengue venceu o PSG por 3 a 1, de virada, no Santiago Bernabéu, e se classificou para as quartas de final da Champions League (o jogo de ida, em Paris, foi vencido pelo PSG por 1 a 0). Destaque para o centroavante francês Benzema, que marcou os três gols da equipe. Pelo Paris, Mbappé foi o destaque. Foi dele o gol. Aliás, um belo gol após assistência do brasileiro Neymar.

Saiba como apostar na Champions League

Provavelmente foi a melhor partida desta edição da Champions League. No primeiro tempo, o Real Madrid não teve muito sucesso em suas investidas ao ataque. O PSG, por sua vez, era perigosíssimo nos contra-ataques. Principalmente com Neymar e Mbappé. Em uma das escapadas, Ney achou o companheiro, que arrancou e tocou no canto do goleiro Courtois: 1 a 0 para o Paris. Pouco antes, o craque teve um gol bem parecido anulado por impedimento.

No segundo tempo, o PSG caiu fisicamente. Principalmente os craques Neymar e Lionel Messi. Em uma das poucas jogadas que deram certo, Mbappé marcou um golaço após novo passe de Ney. Mas a arbitragem anulou corretamente. Mbappé estava muito impedido. Bom, o Real Madrid se aproveitou do cansaço do PSG e cresceu no jogo. As entradas de Rodrygo e Camavinga melhoraram muito a equipe do técnico Carlo Ancelotti. E aí deu no que deu.

O goleiro Donnarumma saiu jogando errado e Vinicius Júnior tocou para Benzema, que empatou a partida: 1 a 1. O segundo gol do Real, que saiu pouco tempo depois, foi muito bonito. Modric deu um ótimo passe para Vinicius, que arrancou. Sem ângulo, o brasileiro devolveu a bola para Modric. E aí apareceu a genialidade do croata, que achou Benzema sozinho na área. O artilheiro finalizou, a bola tocou no zagueiro Marquinhos e enganou Donnarumma: 2 a 1 para o Real.

O terceiro gol merengue, que definiu o placar e a classificação, também foi de Benzema. Vinicius Júnior perdeu a bola para Marquinhos, que afastou mal. De primeira, Benzema tocou no cantinho do goleiro: 3 a 1 e festa madridista no Bernabéu.

– Eu estava lá, mas o mérito é de toda a equipe. Podemos ganhar de qualquer time da Europa. Estamos nas quartas de final e, se jogarmos a Champions como jogamos hoje, estamos vivos na competição – disse Benzema.

O francês, que se tornou o terceiro maior artilheiro da história do Real Madrid, fez um agradecimento especial aos torcedores.

– Queremos sempre ver este estádio como estava hoje. A vitória foi para a torcida. Foi muito difícil, mas acreditamos até o fim e merecemos a classificação. Eles continuaram nos apoiando quando estava 1 a 0 e é uma grande força nossa para acreditar até o final – finalizou.

Pelo lado do PSG, muita tristeza e revolta. De acordo com informações do canal “Movistar Plus”, Nasser Al Khelaifi, presidente do clube, e Leonardo, diretor esportivo, tentaram invadir o vestiário da arbitragem após a partida. Eles precisaram ser contidos pela polícia.

– A gente acaba repetindo o mesmo discurso, mas temos que seguir em frente. Mais uma vez fomos derrotados em uma circunstância muito a nosso favor. Temos que aprender com os erros e seguir trabalhando, saber tirar as lições de que os detalhes fazem a diferença – disse o zagueiro brasileiro Marquinhos.

Manchester City e Sporting ficam no 0 a 0

Em Manchester, Manchester City e Sporting ficaram no empate em 0 a 0. Os citizens passaram para as quartas de final, pois venceram o primeiro jogo, em Portugal, por 5 a 0. Sem dúvida alguma, o time de Guardiola pode ser considerado um dos favoritos ao título.

Leo Santos
865 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes