18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Barcelona oferece R$ 185 milhões pelo brasileiro Raphinha, do Leeds, diz jornal

Raphinha, do Leeds, é cobiçado pelo Barcelona
Raphinha, do Leeds, é cobiçado pelo Barcelona. Foto: IMAGO / News Images

Será que tem negócio? O Barcelona demonstrou interesse em Raphinha, do Leeds, e apresentou a primeira proposta para contar com o jogador já na próxima temporada. Conforme divulgou o jornal catalão “Sport”, a diretoria catalã ofereceu 35 milhões de euros (cerca de R$ 185 milhões) ao clube inglês para contratar o atacante brasileiro.  

Saiba como apostar na Champions League

Raphinha é tratado pelo Barcelona como uma das prioridades para a próxima temporada, que já começa no meio deste ano. Em um primeiro momento, as conversas aconteciam apenas com o ex-jogador Deco, empresário do brasileiro. Agora, com a primeira proposta na mesa do Leeds, a tendência é que as negociações avancem.  

Após testar positivo para a Covid-19, o atacante acabou sendo cortado por Tite da Seleção Brasileira que disputa as rodadas finais das Eliminatórias da Copa do Mundo. Apesar da campanha ruim do Leeds na Premier League, Raphinha segue como titular absoluto do time. Em 28 jogos, ele já balançou as redes nove vezes na atual temporada.  

Caso a negociação com o Barcelona se concretize, o brasileiro chegará para suprir uma provável lacuna no ataque catalão. Isso porque o contrato do francês Dembélé se encerra em junho e, desde janeiro, as negociações para uma possível extensão do vínculo estão paralisadas.  

Azpilicueta afirma que elenco vive momentos de incerteza no Chelsea 

Convocado pela seleção espanhola para disputar dois amistosos, Azpilicueta falou com a imprensa na última quarta-feira (23) e comentou sobre o momento difícil em que vive no Chelsea. Vale lembrar que o clube inglês foi colocado à venda após o bilionário russo, Roman Abramovich, sofrer sanções por suposto vínculo com Vladimir Putin, presidente da Rússia.  

– Estamos vivendo uma incerteza. As últimas semanas mudaram, há uma grande incerteza, mas o que nós jogadores podemos fazer é nos prepararmos ao máximo. Desde que a venda do clube foi anunciada, conseguimos resultados muito bons – disse o jogador. 

O governo britânico impôs algumas sanções ao Chelsea, e entre elas estão a proibição da venda de ingressos para as partidas do clube e a limitação financeira para gastos em viagens da equipe. Azpilicueta, inclusive, se colocou à disposição para arcar com os custos das viagens. O lateral ainda afirmou que este é o espírito de todo o elenco.  

– A predisposição por parte do elenco nestes tempos difíceis sempre foi ajudar o clube. São momentos de incerteza que nos ajudaram a estar mais juntos. Sempre vi uma grande predisposição por parte de todos do mundo para ajudar – completou. 

Prestes a enfrentar o Real Madrid no Stamford Bridge pelo primeiro jogo das quartas de final da Champions League, o Chelsea ainda não sabe se poderá contar com a presença de sua torcida. Azpilicueta também comentou a expectativa para o duelo, mas evitou falar sobre favoritismo. 

– Vai ser muito complicado e as circunstâncias mudaram em relação a esta fase do ano passado (não tem mais o desempate por gol qualificado). Vamos ver se há público em Stamfrod Bridge, espero que sim. É preciso mostrar favoritismo em campo – concluiu o lateral.   

Barcelona - outubro - 2022
Azpilicueta é capitão e um dos jogadores mais experientes do Chelsea. Foto: IMAGO / Shutterstock
Leo Santos
865 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes