18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Atlético-MG vence o Flamengo nos pênaltis e leva o título da Supercopa

Everson defendeu o pênalti de Vitinho e garantiu o título do Atlético
Everson defendeu o pênalti de Vitinho e garantiu o título do Atlético. Foto: Reprodução Twitter / Atlético-MG

O Atlético-MG é o campeão da Supercopa do Brasil 2022. Após empate no tempo normal em 2 a 2, neste domingo, em Cuiabá, o Galo venceu o Flamengo por 8 a 7 nos pênaltis e ficou com o troféu. Hulk, que deixou o dele no tempo normal e nas penalidades (2x) foi o grande nome do jogo. Nacho marcou o outro gol do Atlético nos 90 minutos. Gabigol e Bruno Henrique marcaram os gols do Flamengo.

Saiba como apostar na Conmebol Libertadores

Campeão brasileiro e da Copa do Brasil em 2021, o Atlético-MG, do técnico Antonio Mohamed, começa o ano com mais um título nacional. Foi a primeira Supercopa conquistada pelo Galo e o primeiro título do argentino no comando da equipe. O Flamengo, por sua vez, foi campeão em 2021 e 2020.

Foi um grande jogo. Um espetáculo de altíssimo nível de duas grandes equipes, talvez as melhores do futebol brasileiro. Foram muitas chances de gol criadas por ambas as equipes. No primeiro tempo, o Flamengo teve as principais. Não as transformou em gol e foi castigado. Arana soltou a bomba, Hugo espalmou para o meio da área e Nacho colocou na rede: 1 a 0 Galo.

No segundo tempo, o Flamengo cresceu e virou o jogo. De Arrascaeta recebeu belo passe de Filipe Luís na esquerda, passou por Allan e cruzou. Bruno Henrique cabeceou, Everson fez milagre e Gabigol colocou na rede: 1 a 1. A virada veio pouco tempo depois. Arrascaeta puxou o contra-ataque e tocou para o garoto Lázaro, que arrancou. Ele deu uma bela assistência para Bruno Henrique marcar. Belo gol do Flamengo: 2 a 1.

Mas o Atlético-MG tinha Hulk. Foi ele quem empatou o jogo. Dentro da área, o artilheiro tirou Fabrício Bruno da jogada e soltou a bomba, sem chances para o goleiro Hugo Souza: 2 a 2.

Os últimos 15 minutos foram movimentados, mas o placar não se alterou. Pênaltis. Foram 12 cobranças para cada lado, mas foi o Atlético-MG quem se deu melhor e ficou com o título: 8 a 7.

O Flamengo teve quatro chances para conquistar o título nas penalidades, mas desperdiçou todas. No penal decisivo, Vitinho cobrou para a defesa de Everson. Atlético-MG campeão.

O Atlético-MG, além da taça, vai levar pra casa a bolada de R$ 5 milhões. O vice-campeão, Flamengo, fica com R$ 2 milhões.

– Eu estou aqui há um ano e meio. Aprendi a viver o Atlético. O Atlético é isso, sofrimento. Três penalidades para a equipe adversária fechar (quatro ao todo, na verdade), a nossa torcida gritou “eu acredito”. (Eles, os rubro-negros) Gritaram campeão antes da hora. O campeão está sendo o Galo, merecidamente pelo ano passado – disse o goleiro Everson.

Leo Santos
854 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes