18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Atlético-MG atropela o Flamengo no Maracanã, sonha com título e esfria ânimo do rival

Edenílson marcou o segundo gol do Galo
Edenílson marcou o segundo gol do Galo. Foto: IMAGO / Fotoarena

O Atlético-MG venceu o Flamengo com autoridade, nesta quarta-feira, no Maracanã: 3 a 0, com gols de Paulinho, Edenílson e Rubens. Com o resultado, o Galo segue sonhando com o título do Brasileirão e dá uma esfriada no ânimo do Rubro-Negro. O Atlético chegou a 63 pontos e assumiu a terceira colocação, enquanto o Flamengo, com os mesmos 63 pontos, caiu para quarto. O líder isolado do Brasileirão e favorito ao título é o Palmeiras, que venceu o América-MG por 4 a 0, em casa, e foi a 66 pontos. O Botafogo, que empatou com o Coritiba por 1 a 1, fora de casa, é o segundo tembém com 63.

Saiba como apostar em jogos de futebol

O Flamengo fez um bom primeiro tempo, mas o Atlético-MG foi certeiro. Em uma das poucas chances que criou, marcou. Hulk achou Paulinho de forma espetacular, e o atacante finalizou com maestria. Lá atrás, Everson segurava o resultado. Ele fez pelo menos duas defesas espetaculares.

No segundo tempo, o Atlético encaixou um contra-ataque logo no início e marcou com Edenílson. A partir daí, o Flamengo se desorganizou. Tentou pressionar, mas sem sucesso. O Galo deu a cartada final com Rubens.

– (Sensação de) carne queimada. Dói. Também criei expectativa. Sou ser humano. Na medida que a equipe cresceu e teve resultados, claro, cresceu a minha expectativa. Estou chatedo, sim, mas isso é do jogo. Eu tenho parcela, sim, não vou me isentar. Cada um tem a sua responsabilidade. A derrota foi contra um adversário direto, mas é preciso ter discernimento para entender tudo. (Fiquei) muito sentido – lamentou Tite, técnico do Flamengo.

Os times voltam a campo no fim de semana. O Flamengo enfrenta o Cuiabá, no Maracanã, domingo, às 16h. Já o Galo recebe o São Paulo, sábado, às 21h.

A rodada

Leo Santos
2620 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.