18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Atacante Christian Atsu, ex-Chelsea, é encontrado morto na Turquia

Atsu foi vítima do terremoto que devastou a Síria e a Turquia
Atsu foi vítima do terremoto que devastou a Síria e a Turquia. Foto: IMAGO / Action Plus

Luto no futebol. O atacante ganês Christian Atsu, ex-Chelsea, foi encontrado morto no Sul da Turquia, nos escombros do prédio onde morava. Ele vinha sendo procurado desde o terremoto que atingiu o país no dia 6 de fevereiro. Terremoto esse, de magnitude 7,8, que matou mais de 40 mil pessoas, segundo as autoridades turcas. Atsu, que defendia o Hatayspor, tinha 31 anos e chegou a ser dado como vivo pelo clube. Pouco tempo depois, percebeu-se que se tratou de um engano.

Atsu estava para deixar o clube turco, pois vinha recebendo poucas oportunidades. No dia 5 de fevereiro, no entanto, ele recebeu uma chance como titular e deu conta do recado. Marcou o gol da vitória sobre o Kasimpasa nos acréscimos.

– Antes do jogo com o Gaziantep (no dia 1º de fevereiro), ele disse ao treinador que queria ter mais tempo de jogo. Perguntou se podia sair, se encontrasse uma equipe. O Volkan (técnico do Hatayspor) aceitou o pedido. Ele não jogou nesse jogo (contra o Gaziantep), e tinha uma passagem para viajar para França após o jogo seguinte (com o Kasimpasa). Ia ver a família. Mas o treinador lhe deu uma oportunidade com o Kasimpasa e o Atsu respondeu muito bem, marcando o gol no fim – relembrou Fatih Ilek, diretor de futebol do Hatayspor.

Atsu foi revelado pelo Porto, e passou, além do Hatayspor, por Rio Ave, Chelsea, Newcastle, Málaga, Vitesse, Everton, Bournemouth e Al Raed.

Leo Santos
2641 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.