18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Apostar na Copa América 2021

A Copa América está com tudo! E o Brasil vai sediar a competição com a Grande Final no Maracanã em 10 de julho. Então, não fique de fora deste torneio e veja os melhores operadores para apostar.

Com quais operadores posso apostar na Copa América 2021?

Sites de apostas Bônus Aposte na Copa América 2021
bet365bet365 Logo Novos clientes ganham créditos de aposta com o código BETMAX365 *
BetfairBetfair Logo Bônus de 100% até R$200
SportingbetSportingbet Logo 100% até R$120 de bônus
KTO

Apostar na Copa América

Primeira aposta sem risco até R$50

* O código de bônus BETMAX365 pode ser usado durante o registro, mas não altera o valor da oferta de forma alguma

Quando Começa a Copa América 2021?

A 47ª edição da Copa América terá seu pontapé inicial no dia 13 de junho de 2021, com o jogo Brasil X Venezuela no estádio Mané Garrincha, em Brasília.. Mas a grande final será no Rio de Janeiro, no Maracanã, em 10 de julho!

Já estão definidos os grupos, que caíram de três para dois, já que o número de seleções participantes passou de 16 para 12. Sendo assim, essa será a segunda vez, desde 1995, que o México não é convidado.

Dessa maneira, se deseja apostar na Copa América, estes são os dois grupos da competição, que chega a sua 47ª edição.

Copa América Seleções Participantes


Apostar na Copa América: Seleções Participantes

Como habitual, as 10 seleções da Conmebol terão vagas na fase de grupos. São elas: Argentina, Bolívia, Chile, Brasil, Colômbia, Equador, Venezuela, Paraguai, Uruguai, e Peru.

Mas, contudo, para chegar a 12 foram convidadas seleções de longe. Normalmente elas são da CONCACAF, com os Estados Unidos tendo participado de quatro edições e o México de todas desde 1993, sendo vice duas vezes (1993 e 2001).

Austrália e o Catar participariam da Copa América, mas como a competição foi adiada, as duas seleções não participarão.

Sendo assim, antes de apostas na Copa América, saiba que os favoritos de cada grupo e ao título são:

Grupo A: Argentina

A saber que a Argentina é o segundo maior time que mais venceu a Copa América. Então, a seleção hermana é sempre uma favorita. Além disso, Lionel Messi novamente é o melhor jogador do mundo, jogando de forma sensacional pelo Barcelona.

Mas, na Argentina, ele não consegue repetir as atuações. E, além disso, a Copa América é especialmente traumática para o camisa 10. Isso porque ele já perdeu duas finais seguidas para o Chile, ambas nos pênaltis.

Na última Copa América, em 2019, os argentinos não passaram de um terceiro lugar, caindo para o Brasil nas semifinais. Então, dessa maneira, vamos ver se na Copa América 2021 as coisas mudam.


Grupo B: Brasil

O Brasil fez papel bonito na edição de 2019. Isso porque ganhou o nono título contra o Peru, rompendo com as péssimas atuações das edições anteriores.

Em 2015, o Brasil foi eliminado pelo Paraguai nos pênaltis. Enquanto, em 2016, quando caiu na primeira fase em um grupo com Peru, Equador e Haiti. Além disso, em 2011, os paraguaios também foram algozes. Mas na última edição o desfecho foi completamente positivo para a Seleção Brasileira.

Agora, o Brasil, do técnico Tite, chega à Copa América 2021 como principal favorito, ao menos por enquanto. A Seleção vai em busca do décimo troféu da competição, tentando ficar ao lado de Uruguai (15) e Argentina (14) como únicas seleções com dois dígitos em termos de conquistas.


Apostar na Copa América: quem pode surpreender

Chile

Bicampeão em 2015 e 2016, levando os dois primeiros títulos da Copa América em sua história, o Chile chega em outro momento. Depois do título mais recente na Copa América do Centenário, a seleção chilena viveu momentos complicados.

La Roja sequer se classificou para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. E, na Copa América de 2019, ficou apenas na quarta colocação. Depois de passarem pela Colômbia, nos pênaltis, nas oitavas de final, os chilenos foram eliminados pelo Peru com um 3 a 0, nas semifinais. Na disputa de terceiro lugar, nova derrota para a Argentina (2 a 1).

Agora, sob o comando do técnico uruguaio Martín Lasarte, o Chile tenta recuperar seu protagonismo.


Colômbia

Em termos de Copa América, a Colômbia nunca teve muita tradição. Los Cafeteros conquistaram apenas um troféu em sua história, em 2001, quando bateram o México na decisão por 1 a 0. No mais, as melhores participações foram um vice-campeonato, em 1975, e quatro terceiros lugares (1987, 1993, 1995 e 2016).

Na Copa América 2019, no Brasil, os colombianos não passaram das quartas de final. Na ocasião, a Colômbia caiu para o Chile, nos pênaltis, depois de um empate sem gols. Agora, a equipe liderada pelo técnico Reinaldo Rueda busca a reabilitação e deseja ser uma das gratas surpresas.