18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Após ato de indisciplina, Cristiano Ronaldo é afastado pelo Manchester United

Revoltado, Cristiano Ronaldo deixou o gramado
Revoltado, Cristiano Ronaldo deixou o gramado. Foto: IMAGO / Shutterstock

O craque Cristiano Ronaldo vive o seu pior momento na carreira. O jogador foi afastado pelo Manchester United após um ato de indisciplina. Cristiano não entrou na partida contra o Tottenham, pelo Campeonato Inglês, e, revoltado por não ter sido aproveitado por Erik ten Hag, resolveu deixar o gramado aos 44 minutos do segundo tempo. Como punição, ele não participará da partida contra o Chelsea, no fim de semana, também pelo Campeonato Inglês. Vale frisar que o United venceu o Tottenham por 2 a 0.

Saiba como apostar na Champions League

Nesta quinta-feira, o jogador usou as redes sociais para falar sobre o assunto e reconheceu que errou.

“Comecei muito jovem, os exemplos de jogadores mais velhos e experientes sempre foram muito importantes para mim. Por isso, mais tarde, sempre tentei dar o exemplo para os jovens que cresceram em todas as equipes que representei. Infelizmente, isso nem sempre é possível e às vezes o calor do momento leva a melhor”, começou por dizer Cristiano.

O jogador disse que seguirá trabalhando forte para recuperar a confiança dos superiores e receber uma nova oportunidade.

“No momento, sinto que tenho que continuar trabalhando duro em Carrington, apoiar meus companheiros de equipe e estar pronto para tudo em qualquer jogo. Ceder à pressão não é uma opção. Nunca foi. Este é o Manchester United, e unidos devemos permanecer. Em breve estaremos juntos novamente”.

Por fim, Cristiano disse ser a mesma pessoa, apesar da atitude que não condiz com o seu profissionalismo e sua vitoriosa carreira.

“Como sempre fiz ao longo da minha carreira, tento viver e jogar respeitosamente com meus colegas, meus adversários e meus treinadores. Isso não mudou. Eu não mudei. Sou a mesma pessoa e o mesmo profissional que fui nos últimos 20 anos jogando na elite do futebol, e o respeito sempre desempenhou um papel muito importante no meu processo de tomada de decisão”, concluiu.

Vale lembrar que na última janela de transferências, Cristiano Ronaldo tentou de todos os jeitos deixar o Manchester United com o intuito de disputar a Champions League. Mas não conseguiu um clube que quisesse pagar o seu astronômico salário.

Sem Cristiano Ronaldo, o Manchester United encara o Chelsea neste sábado, às 13h30 (horário de Brasília), pela Premier League. Os Diabos Vermelhos estão na quinta colocação com 19 pontos, oito atrás do líder, Arsenal.

Leo Santos
2461 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.