18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Após apenas um jogo, zagueiro Dedé deixa o Athletico-PR

Antes do Athletico-PR, Dedé teve rápida passagem pela Ponte
Antes do Athletico-PR, Dedé teve rápida passagem pela Ponte. Foto: IMAGO / TheNews2

O experiente zagueiro Dedé, ex-Vasco e Cruzeiro, não faz mais parte do elenco do Athletico-PR. Jogador e clube optaram pela rescisão de contrato nesta segunda-feira. O atleta fez apenas uma partida com a camisa do Furacão e vai em busca de novas oportunidades.

Saiba como apostar na Copa do Brasil

– Não venho tendo muitas oportunidades e faz parte. Respeito, completamente, a decisão do treinador, mas, em comum acordo com o clube, vou buscar novos caminhos, aproveitado o período da janela de transferências. Preciso jogar e me sinto pronto para isso. Agradeço, demais, ao Athletico, que me abriu as portas e ao presidente Mario Celso Petraglia – disse Dedé, por meio da assessoria de imprensa.

O contrato de Dedé com o Athletico-PR ia até o fim do ano. Jogador e clube optaram pela rescisão de contrato após a partida contra o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. Dedé foi relacionado pelo técnico Felipão mas não foi utilizado.

Para dar sequência na carreira, Dedé tem sondagens de clubes da Série A e da Série B do Campeonato Brasileiro. Ele quer definir o futuro até o dia 18 de agosto, data do fechamento da janela de transferências.

Dedé, de 34 anos, chegou ao Athletico-PR em março após uma passagem sem brilho pela Ponte Preta. Firmou um contrato de produtividade, mas pouco jogou. Só entrou em campo contra o Tocantinópolis, pela Copa do Brasil. Relacionado ele foi em vários jogos, mas não entrou.

Dedé começou a carreira no Volta Redonda, mas ganhou destaque no Vasco da Gama. Foi apelidado pela torcida de mito e chegou a ser convocado pela Seleção Brasileira. Depois, passou pelo Cruzeiro onde também viveu grande fase. Foi campeão brasileiro e de vários outros campeonatos importantes. Mas foi na Raposa que começou a conviver com lesões graves.

Foram anos sem jogar e Dedé não conseguiu retomar a sequências de jogos. Ele ainda busca a retomada. Que dê certo! Sucesso, Dedé!

Leo Santos
853 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes