18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Acusado de agressão à ex-namorada, Antony é cortado da Seleção; Gabriel Jesus foi convocado

Antony está fora da Seleção Brasileira
Antony está fora da Seleção Brasileira. Foto: IMAGO / Sportimage

O atacante Antony, do Manchester United, foi cortado da Seleção Brasileira, que se prepara para a estreia nas Eliminatórias contra a Bolívia. Ele é acusado de agredir a ex-namorada, Gabriela Cavallin. Para o lugar do ponta, foi chamado o centroavante Gabriel Jesus, que vive ótima fase com a camisa do Arsenal.

Saiba como apostar em jogos de futebol

Através de sua assessoria de imprensa, Antony se manifestou:

“Em respeito aos meus fãs, amigos e familiares, me sinto na obrigação de me manifestar publicamente sobre as falsas acusações que tenho sido vítima.

Desde o início tenho tratado esse assunto com seriedade e respeito, prestando os devidos esclarecimentos perante a autoridade policial. O inquérito policial está em sob segredo de justiça e, por isso, não posso tornar público o seu conteúdo.

Contudo, posso afirmar com tranquilidade que as acusações são falsas e que a prova já produzida e as demais que serão produzidas demonstram que sou inocente das acusações feitas. Minha relação com a Sra. Gabriela era tumultuada, com ofensas verbais de ambos os lados, mas jamais pratiquei qualquer agressão física.

A cada momento, seja em depoimento ou em entrevista, ela apresenta uma versão diferente das acusações. 

Assim, venho veementemente negar as acusações feitas e informar que permaneço à inteira disposição das autoridades brasileiras para esclarecer o que for necessário .

Confio que as investigações policiais em andamento demonstrarão a verdade sobre a minha inocência”.

A Seleção Brasileira pega a Bolívia no dia 8 de setembro em Belém e enfrenta o Peru, fora de casa, no dia 12.

Leo Santos
2295 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.