18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Abel Ferreira conquista mais um título com o Palmeiras e faz história

Abel Ferreira conquistou o Paulistão com o Palmeiras
Abel Ferreira conquistou o Paulistão com o Palmeiras. Foto: César Greco / Palmeiras

O Palmeiras é o campeão paulista de 2022. O Alviverde goleou o São Paulo neste domingo por 4 a 0, no Allianz, e ficou com o caneco. É o quinto do técnico português Abel Ferreira no comando do time. Além do Paulistão, ele conquistou duas Libertadores, uma Recopa e uma Copa do Brasil. O lusitano vai fazendo história no Palmeiras e no futebol brasileiro.

Abel Ferreira é o primeiro treinador da história do Palmeiras a vencer ao menos um troféu estadual, um nacional e um internacional. Além disso, quebrou um jejum. Desde 1957, um técnico estrangeiro não conquistava o Paulistão. Na ocasião, Béla Guttmann conquistou o título com o São Paulo. No Palmeiras, Abel só tem menos finais do que Felipão. O lusitano chegou a nove.

Saiba como apostar na Conmebol Libertadores

– Esses jogadores nasceram para fazer história no futebol brasileiro e no Palmeiras. Não me pergunte onde eles vão buscar as forças. É mérito deles. Não sou eu que chuto a bola. Quem faz acontecer são eles, são eles que me fazem um melhor treinador. Eu sou 30% daquilo tudo que eles fazem, eles são 70%. Quem faz acontecer são os jogadores. Eu fui, sei o que estou falando – disse Abel, sempre com os pés no chão.

– Sou uma peça, mas uma peça dentro de um relógio que tem sido consistente. Temos uma estrutura de futebol que dá todo o apoio, uma diretoria que trabalhou para que o jogo seja aqui, nossos torcedores… Sem eles, hoje, era impossível a virada. Eles fizeram a parte deles muito bem feita. Nós, com o empurrar deles, foi o que assistimos em campo hoje. Fomos muito melhores que o São Paulo hoje. No Brasil, jogar em casa ou fora é diferente. Hoje fomos muito fortes – acrescentou.

A vitória do Palmeiras sobre o São Paulo foi impressionante. Um verdadeiro atropelo. Em menos de meia hora, o Alviverde já havia acabado com a vantagem tricolor, que era de dois gols. O São Paulo pouco ameaçou o goleiro Weverton. Já Jandrei precisou fazer grandes defesas para evitar o pior. Veiga e Danilo foram os destaques do jogo. O primeiro marcou duas vezes. Já Danilo, o motorzinho do Parque, roubou bola, armou jogadas, fez gol. Só faltou fazer chover.

O Palmeiras, de Abel Ferreira, volta a campo nesta quarta-feira, às 21h. O adversário é o Deportivo Táchira, da Venezuela. O jogo é válido pelo Grupo A da Conmebol Libertadores. No sábado, às 21h, o Alviverde estreia no Campeonato Brasileiro contra o Ceará.

Leo Santos
855 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes