18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

A pedido de Ronaldo, Conselho do Cruzeiro aprova alterações na SAF

Ronaldo, o novo dono do Cruzeiro
Ronaldo, o novo dono do Cruzeiro. Foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro

As solicitações feitas por Ronaldo Fenômeno para a compra de 90% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) foram aprovadas pelo Conselho do Cruzeiro. A votação, realizada na última segunda-feira (4), foi aberta e bastante conturbada, com os torcedores pressionando os conselheiros do clube. O pleito terminou após as 22h20, quando se iniciou a apuração do resultado, aprovado por 215 votantes. É importante destacar que uma liminar de última hora tentou impedir a votação, mas foi derrubada pelo departamento jurídico da Raposa.  

Saiba como apostar na Copa do Brasil

Os conselheiros, aptos a votar, aprovaram a transferência da propriedade das Tocas da Raposa I e II à SAF, que servirá como amortização da dívida tributária da associação. Também ficou definida a obrigação de divisão igualitária do lucro imobiliário em caso de venda dos imóveis que o clube tem em seu nome. Além disso, o pedido de Recuperação Judicial ou extrajudicial foi aceito.  

Dono da SAF, Ronaldo marcou presença e apareceu no local de votação após o departamento jurídico conseguir derrubar a liminar. O novo mandatário da Raposa foi recebido com aplausos e tietado por membros do Conselho Deliberativo.  

Os ajustes finais entre Cruzeiro e Ronaldo estão sendo feitos para a assinatura da compra de 90% da SAF. Ambas as partes têm até o próximo dia 18 para concretizar a negociação.

Ronaldo “herda” R$ 40 milhões em dívidas no Cruzeiro 

Desde que assumiu a SAF do Cruzeiro, mesmo que ainda não seja oficial, Ronaldo Fenômeno vem enfrentando um novo desafio quase que diariamente. Além de esperar longas horas pela aprovação no Conselho Deliberativo na última segunda (4), a corrida contra o tempo continua nesta semana para resolver o problema do “transfer ban”, que impede o clube de registrar novos atletas.  

Apesar de ainda não ter assinado o contrato definitivo para adquirir 90% da SAF, Ronaldo já está injetando recursos no Cruzeiro para que o futebol do clube ganhe uma oxigenada. Inicialmente, o mandatário gastará R$ 40 milhões somente com o pagamento do tranfer ban.  

Após quitar essa dívida, o dirigente terá que desembolsar mais R$ 14 milhões. O clube mineiro tem cerca de R$ 12,5 milhões para pagar ao Independiente del Valle, do Equador, referente à compra do zagueiro Kunty Caicedo. Os outros R$ 1,5 milhão são pelo empréstimo do meia Careca junto ao Atlético-AC.  

Ronaldo tem pressa para resolver essas situações. Isso porque a Raposa tem até o dia 12 de abril, na próxima terça, para registrar novos jogadores na Série B do Brasileirão. O clube tem pelo menos cinco contratações bem encaminhadas para anunciar, são elas: o goleiro Gabriel Mesquita, o volante Neto Moura, o meia-atacante Leonardo Pais, e os atacantes Rafael Silva e Rodolfo.  

Vale lembrar que no início do ano, Ronaldo já desembolsou cerca de R$ 26 milhões para registrar atletas. A dívida com outros três clubes impossibilitava que o Cruzeiro inscrevesse novos jogadores.  

Leo Santos
865 artigos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por gra ...

Artigos mais recentes