18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

São Paulo vence o Corinthians no fechamento da 27ª rodada do Brasileirão

Calleri comemora o gol do São Paulo
Calleri comemora o gol do São Paulo no clássico. Foto: Reprodução Twitter / São Paulo

O São Paulo venceu a primeira com o técnico Rogério Ceni. Na noite desta segunda-feira, no fechamento da 27ª rodada do Brasileirão, vitória por 1 a 0 sobre o rival Corinthians diante de sua torcida, no Morumbi. O gol da partida foi marcado pelo atacante argentino Calleri. Com o resultado, o Tricolor chegou a 34 pontos e abriu distância para a zona de rebaixamento. Já o Corinthians se manteve com 40 e perdeu a chance de encostar de vez no G-4.

Saiba como apostar no Brasileirão.

Foi um jogo pegado como sempre é um clássico entre São Paulo e Corinthians. O Tricolor começou melhor, com muito mais intensidade. E abriu o placar logo aos 6 minutos do primeiro tempo. Reinaldo fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para Calleri empurrar para a rede: 1 a 0.

O gol não fez o São Paulo diminuir o ritmo e mais chances foram criadas. No segundo tempo, Luciano chegou a colocar uma bola na trave do goleiro Cássio. O Corinthians, por sua vez, pouco fez. Na principal chance, Renato Augusto achou Giuliano na área, mas o meia não conseguiu dominar a bola e Tiago Volpi salvou o São Paulo.

Com a vitória, o São Paulo interrompe uma sequência de seis empates seguidos, que já incomodava a torcida tricolor. Torcida essa que fez uma bonita festa no Morumbi. Foram mais de 23 mil presentes.

Rogério Ceni já pensa em Libertadores

O resultado animou tanto o São Paulo que o técnico Rogério Ceni já pensa em Conmebol Libertadores. Em entrevista coletiva concedida após o clássico, ele falou o seguinte:

– Eu não vou ficar fazendo conta. Lógico que o objetivo é chegar em uma pré-Libertadores. Dentro do que foi o ano seria um fechamento bom para o São Paulo, dentro da posição e da circunstância de tabela em que se encontrava. Mas vamos pensar jogo a jogo.

Em seguida, o técnico demonstrou preocupação com o artilheiro argentino Calleri, que deixou o jogo com dores na coxa.

– Vamos avaliar o Calleri, provavelmente com uma lesão, Rigoni não pode voltar, Luan fora também. Vamos ver como montar o time contra o Bragantino. Não adianta fazer uma projeção ainda – disse.

Outro trecho da entrevista de Ceni:

Importância do meio de campo são-paulino – “O meio-campo vejo como a energia desse time. Liziero, Igor Gomes e Sara são os motores do time. Lógico que cada atleta tem sua função, mas nesse setor os três jogadores têm muita força física. O Benitez, o Luciano e o Calleri… não temos velocistas. Esses garotos que fazem o papel do toque de bola rápido, parede, ultrapassar… Reinaldo, Orejuela. Igor Gomes fez partidaça, Liziero e Sara enquanto tiveram fôlego… Essencial para esse esquema de jogo”.

Sylvinho nega futebol previsível do Corinthians

O técnico Sylvinho tem sido bastante criticado pela torcida do Corinthians. Ele ainda não conseguiu acertar o time, mesmo com a chegada dos reforços de peso (Róger Guedes, Giuliano, Renato Augusto e Willian). Em entrevista concedida após o clássico, ele negou que o futebol do seu time seja previsível.

– Com relação a construção, parte sim, tivemos uma dificuldade maior. O adversário vai tirando suas possibilidades. Ele vai cortando linha de passe, tirando jogador que faz a primeira parte do jogo. Mas não, longe do time ser previsível, pelo contrário, estamos buscando esse time, está aberto o cenário – afirmou Sylvinho.

– Trocas de atletas têm ocorrido, com características diferentes, haja visto que era o Jô na frente e Róger do lado. Nesse tripé de meio de campo Giuliano e Renato têm dado bastante para a gente em nível técnico, a presença do Cantillo, também. Em outro momento foi Gabriel – acrescentou.

Veja como ficou a tabela do Brasileirão:

Vem com o Apostagolos para saber como foi o restante da rodada!

Leo Santos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.