18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Flamengo empata com o Ceará, pelo Brasileiro, e pode ver Atlético-MG disparar

Muito desfalcado, o Flamengo apenas empatou em 1 a 1 com o Ceará, no Castelão, neste domingo, em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Vina abriu o placar para a equipe mandante no primeiro tempo. Vitinho, com um chutaço de fora da área, empatou para o Rubro-Negro na segunda etapa. O resultado deixa o Flamengo em quarto lugar com 28 pontos na tabela (nove atrás do líder Atlético-MG). Essa diferença, no entanto, pode subir para 12, caso o Atlético-MG vença o Fluminense, nesta segunda-feira, fora de casa. Vale frisar que o Mais Querido tem um jogo a menos que o Galo. O Ceará, por sua vez, chegou a 24 pontos e é o oitavo colocado.

O jogo foi equilibrado. Em boa parte do primeiro tempo, o Flamengo com mais posse de bola e o Ceará mais perigoso. Após o gol de Vina, aos 31 minutos do primeiro tempo, o Rubro-Negro cresceu e merecia até ir para o intervalo com o empate. Faltou caprichar mais nas finalizações. O artilheiro Gabigol, por exemplo, perdeu pelo menos duas grandes chances para marcar.

No segundo tempo, o Flamengo calibrou o pé. Aliás, Vitinho calibrou o pé. No momento em que o Flamengo era pressionado pelo Ceará, saiu o gol rubro-negro. Aos 5 minutos, Vitinho recebeu de Filipe Luís na entrada da área e soltou a bomba para marcar um bonito gol: 1 a 1. A partida seguiu equilibrada, lá e cá. Inúmeras chances desperdiçadas dos dois lados. Aos 23 minutos, Rick finalizou e Léo Pereira salvou o Flamengo, de cabeça, em cima da linha. Aos 27 minutos, Michael teve a grande chance do Flamengo para a virada. Ele recebeu um belo passe de Gabigol, arrancou, mas finalizou em cima do goleiro.

– Eu gostei muito da equipe, apesar dos desfalques, que é uma coisa que eu não sinto, até porque eu tenho um grupo. Os jogadores que entraram em campo hoje estiveram muito bem, e a cada três dias a gente tem uma decisão. O grupo hoje correspondeu muito bem. Na minha opinião, o Flamengo jogou até melhor do que o Ceará, criou mais, teve mais situações de gols, poderíamos ter saído com a vitória. Mas a gente sabe que encontra sempre muita dificuldade em jogar aqui, contra Ceará, Fortaleza… – analisou Renato Gaúcho, técnico do Flamengo.

Isla, Rodrigo Caio, Willian Arão, De Arrascaeta e Bruno Henrique foram os principais desfalques do Flamengo no jogo. A tendência é que quatro deles (Isla, Arão, Arrasca e BH) voltem ao time titular rubro-negro na partida contra o Grêmio, quarta-feira, na Arena do Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Saiba como apostar na Copa do Brasil.

Confira outros trechos da entrevista de Renato Gaúcho.

Estreia de Andreas Pereira contra o Grêmio? “Chegou no sábado, tive uma conversa com ele, andei falando pelo telefone uma semana atrás… Ele ficou no Rio fazendo os exames, amanhã na nossa reapresentação vou falar com o departamento médico, preparadores, fisiologistas e ver as reais condições dele. A partir de amanhã que eu vou saber, vou ter as informações para saber se ele tem condições de viajar com a gente ou não”.

Posição de Andreas“Todo jogador que é contratado pelo clube, eu gosto de conversar onde ele se sente melhor, em qual posição… E com ele não foi diferente. Ele é um jogador que já jogou em várias posições lá fora e eu perguntei para ele qual a posição preferida dele. Ele falou que é como segundo volante. Sempre procuro colocar qualquer tipo de jogador que é contratado na posição dele. Tanto é que quando cheguei no Flamengo, estava tendo o problema dos zagueiros, e o Arão estava sendo improvisado. Eu não gosto de improvisar, gosto de colocar cada jogador em sua posição. É mais um jogador que está chegando para fortalecer o grupo, para ajudar em todas as competições que temos pela frente”.

Pedro“Ele joga numa posição que tem o Gabriel, comigo ele jogou praticamente todos os jogos, tentei colocá-lo inclusive várias vezes com o Gabriel em alguns jogos, mas tem jogos e jogos para que os dois possam jogar juntos. Nenhum dos dois têm característica de voltar, e a equipe fica muito exposta. Dependendo o que a gente precisa, os dois podem estar juntos, mas não hoje, que era uma partida difícil, em que o Ceará também nos atacou bastante. O Pedro é testemunha, converso com ele duas, três vezes por semana, já dei vários conselhos para ele. Sem dúvida, vai ser o atacante… Não dessa Copa do Mundo, mas na próxima com certeza vai estar. Trato todo mundo igual”.

Reencontro com o Grêmio “Difícil falar, realmente é um sentimento estranho, eu me criei dentro do clube, ajudei a conquistar títulos como jogador e como treinador. Até três, quatro meses atrás, eu estive lá durante quase cinco anos. O torcedor sabe que eu tenho um carinho muito grande por eles, todo mundo sabe que sou gremista e gosto muito do grupo que está lá, mas eu acima de tudo, sou profissional. Estou num grande clube, que disputa todas as competições, tenho o maior respeito e carinho por todo mundo. Quarta-feira, a gente vai buscar o resultado que nos interessa”.

Outros resultados da 17ª rodada do Brasileirão.

Atlético-GO 1 x 1 Chapecoense

Grêmio 2 x 0 Bahia

Juventude 1 x 1 Fortaleza

Palmeiras 0 x 2 Cuiabá

Athletico-PR 0 x 1 Corinthians

Santos 2 x 2 Internacional

Sport 0 x 1 São Paulo

Fluminense x Atlético-MG

América-MG x Red Bull Bragantino

Fluminense troca de técnico: sai Roger Machado, entra Marcão

Após a eliminação nas quartas de final da Conmebol Libertadores para o Barcelona (EQU), o técnico Roger Machado foi demitido do Fluminense. Marcão foi efetivado pela diretoria e assume o lugar. A estreia é nesta segunda contra o Atlético-MG, em São Januário.

Thiago Galhardo perto do Celta de Vigo

O atacante Thiago Galhardo está perto de trocar o Internacional pelo Celta de Vigo, da Espanha. O clube espanhol vai pagar 500 mil euros (cerca de R$ 3,1 milhões) para ficar com o jogador até o meio do ano que vem. Thiago é um pedido do técnico Eduardo Coudet, que o comandou no Inter.