18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial

Brasileirão: Flamengo goleia o São Paulo e fica a oito pontos do líder, Atlético-MG

Michael comemora o seu segundo gol no jogo
Michael comemora o seu segundo gol no jogo. Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo voltou a encantar no Brasileirão. Com bela atuação, goleou o São Paulo neste domingo por 4 a 0, no Morumbi, com gols de Gabigol, Bruno Henrique e Michael (2), e assumiu a segunda colocação da competição. Agora são 60 pontos, oito atrás do líder, Atlético-MG.

Saiba como apostar no Brasileirão

E o jogo foi muito tranquilo para o Flamengo. Com menos de 30 segundos de jogo, o Rubro-Negro já abriu o placar. Na pressão, Andreas Pereira roubou a bola de Liziero e tocou para Bruno Henrique. O atacante serviu Gabigol, que tocou na saída do goleiro Volpi.

O segundo gol saiu aos 3 minutos. Michael recebeu de Everton Ribeiro na esquerda, arrancou e cruzou para Bruno Henrique, que completou para o gol: 2 a 0 Flamengo.

A situação do São Paulo, que já era ruim, ficou pior. Calleri cometeu falta duríssima em David Luiz e foi expulso. Aos 41 minutos, Michael para o Flamengo ampliou com um golaço. Ele bateu colocado no ângulo de Volpi.

O quarto e último do Rubro-Negro saiu aos 9 minutos do segundo tempo. Michael entortou o zagueiro e bateu para a defesa de Volpi. No rebote, Igor Gomes tentou sair jogando e perdeu a bola para Bruno Henrique. O atacante cruzou e Michael tocou para o gol: 4 a 0.

Foi o 13º gol de Michael no Campeonato Brasileiro. Ele é o artilheiro da competição. Vale frisar que é a temporada mais artilheira da carreira do jogador. E o técnico Renato Gaúcho tem mérito nisso.

– Orientação que dou para o Michael eu dou para todos os jogadores durante a semana, da melhor maneira que têm que bater na bola, independente do momento em que estão, se estão dentro ou próximos da área. Procuro ensinar da melhor maneira. No primeiro lance o Michael driblou o adversário e chutou com o peito do pé, forte em cima do goleiro. Quando fiz aquele gesto para tirar, era para chutar no sentido contrário, que tem muito mais ângulo. Isso tudo eu procuro no dia a dia ensinar, mostrar para eles, e peço para que façam nos jogos. Quando fazem, é muito difícil para o goleiro defender – disse Renato.

Confira abaixo mais trechos da entrevista do treinador:

Atuação“A gente faz o possível para sempre jogar bem. O mais importante de tudo é seguir o nosso planejamento. Tivemos um tempo maior para recuperar alguns jogadores, para que pudessem treinar um pouco mais. Hoje o Flamengo tem sido diferente. A cada três dias ficava um pouco difícil. Estou feliz pelo que o grupo vem fazendo. Hoje enfrentamos uma grande equipe. Não só pelos gols, mas pelas oportunidades que criamos, pelo que a equipe criou, se entregou. Na parte técnica e na parte tática estivemos muito bem”.

Ritmo ao elenco“Independente do adversário, do que vamos apresentar dentro de campo, o importante é seguir nossa programação. Isso que combinamos há alguns dias. Eu prometi que a equipe seria outra, principalmente até o dia 27, e os jogadores estão demonstrado isso no campo. O objetivo é dar ritmo para todo mundo, recuperar os jogadores no departamento médico, porque não sabemos até o dia 27, não sabemos com quem vamos poder contar. Alguém pode se machucar. É importante dar ritmo para todo mundo e ter o grupo 100% para a final”.

Pressão no ataque e jogo mais dinâmico“A gente treina para isso, da maneira que gosto de jogar, da qualidade do jogador do Flamengo. Nem sempre a gente consegue. É a maneira que procuro treinar minhas equipes: marcando em cima, procurando roubar a bola. Não é uma coisa que fizemos hoje, mas sim algo que treinamos sempre que possível para apresentar nos jogos. É uma tática que temos e procuramos colocar em prática”.

Opção por Renê“Temos três grandes laterais. Renê é um grande jogador. É seguir a nossa programação. Não posso ficar somente no Ramon. O Filipe Luis está entregue ao departamento médico, a gente torce para que possa voltar o mais rápido possível. Mas se não acontecer, temos que ter plano A, B e C. Tenho que ter o Renê também com ritmo de jogo, não sei o que vai acontecer no dia 27. Renê jogou muito bem hoje. Se por acaso acontecer algo com outro jogador, tenho certeza que outro jogador da posição vai dar conta do recado”.

Fase do Michael“Mais importante de tudo é a fase que o Michael vem atravessando. Hoje ele é goleador do Campeonato Brasileiro. E não é pouca coisa, não. A cada jogo vem crescendo de produção, com jogadas e um gol mais bonito que o outro. É seguir nossa programação, recuperar todos os jogadores e estar todo o grupo 100% em condições para o dia 27. Aí, é a dor de cabeça do treinador. É melhor ter essa dor de cabeça do que não ter opções”.

Os gols deste domingo do Brasileirão:

Os jogos da rodada:

A tabela:

Leo Santos
Leonardo Santos é jornalista esportivo com passagens por grandes jornais do Brasil como Lance e Grupo Globo. Escreve para o Apostagolos desde 2021.